Informações da página

Você está em: Página Inicial > A Instituição > Histórico

Início do conteúdo

Histórico

 

O Câmpus Canoas do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul (IFRS) foi criado pela Lei nº 11.534, de 25 de outubro de 2007, como Escola Técnica Federal de Canoas (ETFC).

Com a reorganização da Rede Federal de Educação Profissional e Tecnológica, a ETFC passou a compor o IFRS juntamente às seguintes instituições que foram transformadas, respectivamente, em Câmpus Bento Gonçalves, Câmpus Porto Alegre, Câmpus Rio Grande e Câmpus Sertão:

  • Centro Federal de Educação Tecnológica de Bento Gonçalves;
  • Escola Técnica, até então vinculada à UFRGS;
  • Colégio Técnico Industrial Prof. Mário Alquati de Rio Grande;
  • Escola Agrotécnica Federal de Sertão.

 

Essa reestruturação foi definida pela Lei nº 11.892, sancionada pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em dezembro de 2008.

 

Implantação

A Portaria nº 1.068, de 13 de novembro de 2007, atribuiu ao Centro Federal de Educação Tecnológica de Pelotas (CEFET-RS) o encargo de adotar as medidas necessárias à implantação da Escola Técnica Federal de Canoas. Posteriormente, em 18 abril de 2008, a Portaria nº 488 transferiu essa tarefa ao Centro Federal de Educação Tecnológica de Bento Gonçalves (CEFET-BG).

Embora o Poder Executivo Municipal tenha assumido o compromisso de ceder a área para a construção da ETFC, em 23 de janeiro de 2006, em reunião realizada na Prefeitura Municipal de Canoas, com a participação do prefeito Marcos Ronchetti, do secretário-executivo do Ministério da Educação (MEC) Jairo Jorge, e do secretário da Educação Profissional e Tecnológica (SETEC) Eliezer Pacheco, somente em agosto de 2008 o processo de transferência foi finalizado.

A demora ocorreu, sobretudo, devido à necessidade de reverter, por distrato, a concessão da área à Fundação Rio-grandense de Desenvolvimento e Pesquisa (FUNDAPES). O retrocesso foi oficializado em julho de 2008 e, no mês seguinte, foi lavrada, no 1º Tabelionato de Registros Especiais de Canoas, a escritura pública da cedência da área localizada na rua Dra. Maria Zélia Carneiro de Figueiredo, número 870, no bairro Igara III.

O ministro da Educação, Fernando Haddad, visitou a área no dia 28 de junho de 2008, juntamente a diversas autoridades federais, estaduais e municipais.

Os projetos arquitetônicos e complementares dos prédios do instituto foram elaborados, e o edital de realização de certame licitatório, na modalidade concorrência, do tipo menor preço, foi publicado no Diário Oficial da União do dia 4 de novembro de 2008.

 

Um ato público marcou o início das obras, no dia 4 de maio de 2009. Além de lideranças comunitárias, sindicais, alunos e professores, a solenidade contou com a participação de diversas autoridades, tais como: o secretário de Educação Profissional e Tecnológica do Ministério da Educação Eliezer Moreira Pacheco; o deputado federal Marco Maia; o secretário da Ciência e Tecnologia do Estado Artur Lorentz, representando a governadora Yeda Crusius; o prefeito de Canoas Jairo Jorge; o presidente da Câmara de Vereadores de Canoas Nelson Luiz da Silva.

Em janeiro de 2009, a Direção do Câmpus Canoas instalou o escritório de trabalho em uma sala cedida pela Secretaria Municipal de Educação e, em dezembro do mesmo ano, foi assinado com o município o Convênio de Cooperação Técnico-científico-pedagógica para a Implantação do Programa de Integração da Educação Profissional com a Educação Básica na modalidade de Educação de Jovens e Adultos (PROEJA - FIC).

Após a participação em reuniões, durante o ano de 2009, para a integração com o município no projeto Canoas Mais Segura, foi encaminhada a compra de câmeras de vídeo-monitoramento e alarmes e, em 21 de janeiro de 2010, foi realizado o anúncio oficial na Prefeitura de Canoas.

Em 22 de janeiro de 2010, foi registrada em cartório de imóveis a escritura da área lindeira ao terreno do câmpus, que foi doada pelo município, conforme autorização da Câmara Municipal, em setembro de 2009.

 

Em 27 de agosto de 2010, as aulas iniciaram no Câmpus Canoas.

 

Audiências Públicas

Com o objetivo de atuar em sintonia com os arranjos produtivos locais e de consultar a comunidade, buscando a identificação de necessidades de qualificação, requalificação ou reconversão profissional dos trabalhadores empregados ou desempregados, foram realizadas audiências públicas com a participação de diversos setores da comunidade.

Em 20 de março de 2006, foi realizado um seminário na Câmara de Indústria, Comércio e Serviços de Canoas (CICS) com a presença dos deputados federais Marco Maia e Maria do Rosário; do prefeito de Canoas Marcos Ronchetti; do secretário de Educação Profissional e Tecnológica do Ministério da Educação Eliezer Pacheco; do secretário municipal de Cultura Marcos Zandonai; do representante da Secretaria Estadual de Educação Flávio Fialho; do presidente do CICS Luiz Roberto Steinmetz; além de vereadores e representantes de diversos sindicatos.

Em quatro de dezembro de 2007, foi realizada audiência pública na Câmara Municipal de Vereadores de Canoas com a intenção de prestar esclarecimentos sobre o andamento do processo de implantação da ETFC.

Em 23 de janeiro de 2008, foi realizada, na Câmara de Indústria Comércio e Serviços de Canoas (CICS), uma audiência pública na qual foi apresentada uma pesquisa socioeconômica realizada pela Universidade Luterana do Brasil (ULBRA).

Em 31 de janeiro de 2008, em uma reunião da Comissão de Implantação da ETFC, realizada na CICS, ficou definida a necessidade de elaboração de uma pesquisa de perfis para a seleção de cursos técnicos e foi estabelecido um mapa de visitas a indústrias, sindicatos e escolas.

Em 23 de abril de 2008, a audiência pública ocorreu no auditório do Sindicato dos Professores Municipais de Canoas (SINPROCAN).

Final do Conteúdo Ir para as informações da Página

Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul - Câmpus Canoas

Rua Dra. Maria Zélia Carneiro de Figueiredo, 870-A | Bairro Igara III | CEP: 92412-240 | Canoas/RS

E-mail: comunicacao@canoas.ifrs.edu.br | Telefone: (51) 3415-8200