Informações da página

Você está em: Página Inicial > Extensão > Projetos

Início do conteúdo

Projetos de Extensão 2017

Título: COMPARTILHAR: compartilhando conhecimentos e experiências

Coordenadora: Jaqueline Terezinha Martins Corrêa Rodrigues

Resumo da Proposta: O projeto COMPARTILHAR tem por objetivo oferecer a oportunidade para alunos do IFRS, principalmente do Curso Superior de Tecnologia em Logística, compartilharem seus saberes e experiências atuando como instrutores de cursos ou oficinas de extensão. A proposta deste projeto é ofertar cursos/oficinas diversos (Excel básico e avançado, Word, Power Point, Organização de eventos, Gestão de estoques...). Estas atividades serão propostas pelos estudantes do IFRS Canoas que possuem conhecimento e experiência nos temas dos cursos e que pretendem atuar como instrutores. A coordenação do projeto participará do planejamento das atividades e auxiliará os alunos/instrutores sempre que necessário. É uma forma também de incentivar os alunos para a carreira docente. As atividades serão ofertadas para alunos do IFRS Canoas, comunidade acadêmica em geral e comunidade externa.

 

Título: Desgenerificar: quebrando tabus e preconceitos. Uma Educação para a Sexualidade e Igualdade de Gênero.

Coordenadora: Olívia Pereira Tavares

Resumo da Proposta: O NEPGS ? Núcleo de Estudos e Pesquisas em Gênero e Sexualidade tem por objetivo o desenvolvimento de diversas atividades ao longo do ano de 2017, primordialmente nas dependências do campus, com o intuito de promoção da reflexão e conscientização a cerca de temáticas relacionadas a estes campos de estudo, na busca do combate de diversos tipos de violência e preconceitos que envolvem questões de gênero e sexualidade. Para isso, o Núcleo previu no calendário acadêmico do campus algumas datas, que contemplarão distintos temas e proporcionarão momentos de discussão e debate, promovendo as ações afirmativas. Outrossim, diz respeito ao foco do debate contemplar primordialmente a comunidade acadêmica do campus e envolver esforços para uma maior participação da comunidade externa, contando com a parceria da Assufrgs, entidade sindical, que colabora na organização e divulgação das atividades, assim como maior adesão da comunidade. As atividades elencadas no calendário de 2017 contemplam: 1) Conversa sobre Feminismo e a luta pela conquista do voto feminino no Brasil; 2) Atividade no dia de luta por uma Educação não Sexista e sem discriminação; 3) Debate sobre a Sanção da Maria da Penha e 4) Exibição de filme que contemple a temática da violência, no Dia Nacional de Luta contra a Violência contra Mulher.

 

Título: LogiC ? O ensinar e o aprender de Lógica de Programação e sua Implementação em Linguagem C

Coordenador: Ígor Lorenzato Almeida

Resumo da Proposta: Com a constante veiculação de dados em jornais, revistas e outras mídias, que enfatizam a falta de profissionais qualificados para o mercado de Tecnologia da Informação (TI) e a baixa procura por cursos na área de Informática, o projeto de extensão LogiC ? O ensinar e o aprender de lógica de programação e sua implementação em linguagem C surgiu do interesse dos professores da área de informática do Campus Canoas em apresentar a área de TI aos alunos da rede de ensino municipal de Canoas, motivando-os a ingressar nos cursos da área e a incentivar os alunos já matriculados nos cursos do Campus a participar de campeonatos. O projeto busca incentivar alunos da rede pública de oitavos e nonos anos a estudarem lógica de programação e a desenvolverem seus primeiros sistemas em Linguagem C. Acrescenta-se, também, a pretensão de motivar os estudantes do ensino médio de cursos técnicos da rede federal a resolverem problemas complexos em Linguagem C, ambos, com vistas à participação em campeonatos como a Olimpíada Brasileira de Informática (OBI) e a Maratona de Programação. Com isso, é apresentada uma realidade diferente, com estímulo à competitividade e ao trabalho em equipe. Além disso, atividades que busquem o desenvolvimento do raciocínio lógico também são desenvolvidas.

 

Título: NEABI Canoas

Coordenador: Paulo Roberto Faber Tavares Junior

Resumo da Proposta: Promoção de ações extensionistas orientadas à temática das identidades e relações étnico-raciais, especialmente quanto às populações negras e indígenas, no âmbito do IFRS Campus Canoas e em suas relações com as escolas vizinhas e comunidade externa. Em conformidade a Política Nacional de Educação e o Projeto Pedagógico do campus, a história e cultura afro-brasileira e indígena vêm sendo estudada de maneira integrada ao currículo, as ações deste projeto visam atuar de forma integrada a estes conteúdos trabalhados na sala de aula, complementando, ampliando suas possibilidades através de ações que permitem maior permeabilidade escola-comunidade, ora possibilitando lideranças indígenas ou membros do movimento negro compartilharem seus saberes na escola, ora integrando estudos e conferências com outras escolas públicas, municipais e estaduais, do município de Canoas. A partir das parcerias estabelecidas na Semana da Consciência Negra no ano de 2016, o projeto irá oferecer este ano uma capacitação aos professores da rede pública, serão quatro conferências com o objetivo de integrar profissionais da educação, produtores culturais, representantes e militantes do movimento negro e indígena; oficinas de cerâmica indígena em parceria com projeto Ceramicando do Campus Osório; duas edições de encontros para leitura em grupo de autores negros, em parceria com o projeto Roda leitura do Campus Canoas; e oito sessões de exibições comentadas de vídeos, filmes e documentários, intitulada ?Cine Ações Afirmativas?, em parceria com outros dois núcleos de ações afirmativas do campus, o Núcleo de Estudo e Pesquisa em Gênero e Sexualidades (NEPGS) e o Núcleo de Atendimento às Pessoas com Necessidades Educacionais Específicas (NAPNE).

 

Título: O esporte para além da competição: os sentidos atribuídos à prática esportiva no tempo livre

Coordenador: Marlon André da Silva

Resumo da Proposta: O projeto visa aproximar as comunidades externa e interna do Campus Canoas do IFRS através da prática esportiva. Além da oportunização de espaço para a experiência prática, e de orientação específica especializada na área de esporte e lazer, prevê espaços para discussão e reflexão, de parte dos participantes/praticantes, sobre os sentidos e significados atribuídos ao esporte e ao lazer no tempo livre. Operacionalmente, o projeto prevê eventos esportivos regulares (um evento por bimestre), com duas horas de duração, nas dependências do campus, sendo a modalidade de futebol, voleibol, orientação e beisebol. Serão oferecidas, ainda, de forma concomitante aos eventos, oficinas de curta duração visando à revisão e a aprendizagem de fundamentos técnicos e táticos básicos sobre a modalidade praticada e sobre os efeitos fisiológicos e psicológicos da atividade física regular.

 

Título: Offboard ? Manutenção e suporte a serviço da comunidade

Coordenador: Marcio Bigolin

Resumo da Proposta: O clube do hardware pretende ser um Grupo de Trabalho, do projeto Offboard no campus com o intuito de reaproveitar equipamentos de hardware para montar computadores para serem doados. O objetivo principal é montar equipamentos adaptados, tanto em termos de hardware como de software, para usuários com deficiência. Esse trabalho visa dar o suporte através do hardware e estará integrado com a pesquisa em termos de verificação de equipamentos e softwares adequados. Quanto ao ensino, o projeto deverá subsidiar o desenvolvimento de trabalhos em disciplinas como projetos e programação I e II dos cursos integrado de informática.

 

Título: Pesquisa Científica e Ensino na Educação Básica e na Educação Profissional: Desafios e Possibilidades aos docentes e discentes das redes municipais, estaduais e federais pública e/ou privada

Coordenador: Sandro José Ribeiro da Silva

Resumo da Proposta: A Lei Nº 11.892, de dezembro de 2008, institui a Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica e cria os Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia. Essa lei estabelece que os IFs têm por finalidades e características, entre outras: ?desenvolver programas de extensão e de divulgação científica e tecnológica? e ?realizar e estimular a pesquisa aplicada, a produção cultural, o empreendedorismo, o cooperativismo e o desenvolvimento científico e tecnológico?. Nesse contexto, é proposto este projeto que visa promover o ensino através da prática da pesquisa científica. Será promovido um conjunto de oficinas/palestras que buscam socializar as experiências dos docentes e alunos na construção de conhecimento com base na metodologia científica. As oficinas/palestras visam também preparar a comunidade para participar da V IFCITEC Feira de Ciências e Inovação Tecnológica do IFRS a ser realizada no campus Canoas. A feira tem como foco possibilitar a exposição e divulgação de trabalhos realizados por alunos sob orientação de professores dos níveis fundamental, médio e médio técnico (incluindo a Educação de Jovens e Adultos) de escolas públicas e privadas do Estado do Rio Grande do Sul. Pretende-se que este conjunto de ações desperte nos estudantes o interesse pela ciência e pela inovação, estimule a produção de ciência na educação básica e na educação profissional e sensibilize os alunos e professores no cuidado com o meio ambiente.

 

Título: Projeto de Minicurso Ensinar e Aprender Matemática: parceria IFRS-escola

Coordenadora: Jaqueline Molon

Resumo da Proposta: O ?Projeto de Minicursos Ensinar e Aprender Matemática: parceria IFRS-escola? prevê a realização de minicursos sobre assuntos relacionados à matemática para alunos da rede pública de ensino do município de Canoas e/ou cidades vizinhas. Os assuntos a serem trabalhados nos minicursos são levantados a partir das necessidades das escolas parceiras. Os minicursos serão ministrados por estudantes do Curso de Licenciatura em Matemática do IFRS- Campus Canoas, orientados por, pelo menos, um docente da área. Dessa forma, o projeto promove a integração com as redes públicas de ensino, na medida em que estabelece parcerias entre o IFRS e as escolas de educação básica, oportunizando aos licenciandos da instituição a sua inserção em ambientes escolares a fim de que possam vivenciar práticas inerentes ao fazer docente desde o ingresso no curso. O projeto propicia aos licenciandos ainda pensar em estratégias de ensino, elaborar materiais pedagógicos, desenvolver metodologias alternativas para o ensino, aplicar e avaliar as atividades elaboradas colocando em prática, de forma articulada, os conhecimentos matemáticos e pedagógicos abordados ao longo do curso. O projeto contribui também com o ensino e a aprendizagem dos estudantes da educação básica que terão, através dos temas abordados nos minicursos, a oportunidade de revisar conteúdos matemáticos ampliando seus conhecimentos.

 

Título: Projeto de Oficinas de Ensino de Matemática ? POEMA

Coordenadora: Simone Maffini Cerezer

Resumo da Proposta: Este projeto foi elaborado com o intuito de contribuir para a melhoria do ensino da Matemática na Educação Básica e destina-se a atender, por meio de oficinas de resolução de problemas, modelagem matemática, investigações matemáticas, da utilização de materiais manipuláveis, jogos de tabuleiro e das tecnologias da informação e comunicação, os professores de Matemática da rede pública (municipal e estadual) de Canoas/RS e os estudantes do curso de Licenciatura em Matemática do IFRS ? Campus Canoas. Serão oferecidas sete (7) oficinas de ensino de Matemática em sete (7) encontros. Cada encontro terá três horas e meia (3,5 h) de duração. As oficinas de ensino de Matemática serão planejadas com atividades que auxiliam a aprendizagem dos alunos, como a utilização de materiais manipuláveis, softwares matemáticos, jogos, calculadoras e vídeos. Os professores e estudantes participantes das oficinas terão a oportunidade de conhecer e trabalhar com softwares gratuitos de Matemática, construir novas propostas para a prática pedagógica, bem como materiais que auxiliem no ensino da Matemática, além de compartilharem experiências e dificuldades vividas dentro da sala de aula com os professores do curso de Matemática do IFRS ? Campus Canoas.

 

Título: Oficina de Dança no Campus Canoas

Coordenador: Gustavo Neuberger

Resumo da Proposta: O Projeto Oficina de Dança no Campus Canoas, em sua primeira edição, vem continuar as ações que eram realizadas pela Oficina de Dança do Projeto Oficinas Permanentes de Cultura, após duas edições. Seus objetivos consistem em proporcionar vivência em diversas modalidades de dança para os educandos, assim como oportunizar a apresentação de trabalhos. A expressão corporal será trabalhada em todos os encontros e o grupo poderá criar coreografias de acordo com o que desejam apresentar. Além de suas ações independentes, o Projeto contribuirá com o Programa Oficinas Permanentes de Cultura na realização de mostras culturais nas escolas da região, para divulgação do Projeto e da Instituição, fortalecendo suas ações de extensão, principalmente com a realização de mini-oficinas com o ensinamento de passos coreografias, e apresentação de coreografias criadas pelo grupo. O projeto prevê também a colaboração com outros projetos de extensão, como os demais projetos do Programa Oficinas Permanentes de Cultura, e com o Projeto Roda Leitura, que já foi um importante parceiro nas visitas às escolas no ano de 2016.

 

Título: Oficina de Desenho no Campus Canoas

Coordenador: Gustavo Neuberger

Resumo da Proposta: O Projeto Oficina de Desenho no Campus Canoas, em sua segunda edição, vem continuar as ações que eram realizadas pela Oficina de Desenho do Projeto Oficinas Permanentes de Cultura, após duas edições. Seus objetivos incluem ações no sentido de realizar aulas de desenho para os alunos interessados. Os participantes também serão incentivados a apresentar seus trabalhos em diversas Mostras que ocorrerão nos eventos culturais programados durante o ano. Além disso, durante o ano serão programadas visitas a Museus de Arte, e palestras com profissionais da área. Além de suas ações independentes, o Projeto contribuirá com o Programa Oficinas Permanentes de Cultura na realização de mostras culturais nas escolas da região, para divulgação do Projeto e da Instituição, principalmente com a realização de mini-oficinas com temas básicos de desenho, fortalecendo as ações de extensão com a comunidade externa. O projeto prevê também a colaboração com outros projetos de extensão, como os demais projetos do Programa Oficinas Permanentes de Cultura, e com o Projeto Roda Leitura, que já foi um importante parceiro nas visitas às escolas no ano de 2016.

 

Título: Oficina de Fotografia no Campus Canoas

Coordenador: Gustavo Neuberger

Resumo da Proposta: O Projeto Oficina de Fotografia no Campus Canoas, em sua segunda edição, vem continuar as ações que eram realizadas pela Oficina de Fotografia do Projeto Oficinas Permanentes de Cultura, após duas edições. Seus objetivos incluem ações no sentido de realizar aulas de fotografia para os alunos interessados, dividindo os temas em módulos básico e avançado. Os participantes também serão incentivados a apresentar suas fotos em diversas Mostras Fotográficas que ocorrerão nos eventos culturais programados durante o ano. Além disso, durante o ano serão programadas visitas a Museus de Arte com fotografias, e palestras com profissionais da área. Os participantes da Oficina também serão sempre incentivados a colaborar na cobertura fotográfica dos demais eventos que acontecem no Campus Canoas, como já realizado nos anos anteriores. Além de suas ações independentes, o Projeto contribuirá com o Programa Oficinas Permanentes de Cultura na realização de mostras culturais nas escolas da região, para divulgação do Projeto e da Instituição, principalmente com a realização de mini-oficinas com temas básicos de fotografia, e cobertura fotográfica das visitas. O projeto prevê também a colaboração com outros projetos de extensão, como os demais projetos do Programa Oficinas Permanentes de Cultura, e com o Projeto Roda Leitura, que já foi um importante parceiro nas visitas às escolas no ano de 2016.

 

Título: Oficina de Música no Campus Canoas

Coordenador: Gustavo Neuberger

Resumo da Proposta: O Projeto Oficina de Música no Campus Canoas, em sua segunda edição, vem continuar as ações que eram realizadas pela Oficina de Música do Projeto Oficinas Permanentes de Cultura, após cinco edições. Seus objetivos incluem ações no sentido de realizar aulas de iniciação musical em diversos instrumentos, como violão e teclado, e a organização de uma ou mais formações de Banda do Campus Canoas, de acordo com os interesses dos alunos que mais se destacarem nas aulas, ou que já tenham conhecimento dos instrumentos musicais. Além de suas ações independentes, o Projeto contribuirá com o Programa Oficinas Permanentes de Cultura na realização de mostras culturais nas escolas da região, para divulgação do Projeto e da Instituição, principalmente com mini-oficinas de introdução a música, e com shows e apresentações da Banda nessas escolas. O projeto prevê também a colaboração com outros projetos de extensão, como os demais projetos do Programa Oficinas Permanentes de Cultura, e com o Projeto Roda Leitura, que já foi um importante parceiro nas visitas às escolas no ano de 2016.

 

Título: Oficina de Teatro no Campus Canoas

Coordenador: Gustavo Neuberger

Resumo da Proposta: O Projeto Oficina de Teatro no Campus Canoas, em sua segunda edição, vem continuar as ações que eram realizadas pela Oficina de Teatro do Projeto Oficinas Permanentes de Cultura, após duas edições. Seus objetivos incluem ações no sentido de realizar aulas de expressão corporal para os alunos interessados. Os participantes também serão incentivados a preparar esquetes e ensaiar uma peça completa de interesse dos alunos, para apresentação ao final do ano letivo. Além de suas ações independentes, o Projeto contribuirá com o Programa Oficinas Permanentes de Cultura na realização de mostras culturais nas escolas da região, para divulgação do Projeto e da Instituição, principalmente com a realização de mini-oficinas com temas básicos de teatro, e apresentação de pequenas esquetes. O projeto prevê também a colaboração com outros projetos de extensão, como os demais projetos do Programa Oficinas Permanentes de Cultura, e com o Projeto Roda Leitura, que já foi um importante parceiro nas visitas às escolas no ano de 2016.

 

Título: Olhares sobre as cidades: experiências de viagem

Coordenadora: Sheila Katiane Staudt

Resumo da Proposta: A discussão sobre cidade tem sido tema de pesquisas e estudos vários, além de ser fonte quase inesgotável para os artistas que ficcionalizam questões relacionadas à urbe em seus trabalhos, principalmente a partir do século XIX. O projeto ?Olhares sobre as cidades: experiências de viagem? instigará a troca de ideias, informações, conhecimento e a partilha dos saberes e de experiências no espaço escolar e extraescolar, proporcionando a integração e troca de experiências com a comunidade e escolas vizinhas ao IFRS ? Campus Canoas. Compreender que não estamos sós e olhar o outro como um ser único, a partir de uma aproximação com diferentes olhares sobre as cidades a partir de experiências de viagens é um dos objetivos deste trabalho. O projeto permitirá integrar tais experiências e reflexões por meio do evento ?Feira das Cidades?, que terá duração de três dias, sendo composto por diversas atividades acadêmicas e culturais, entre elas: espaços interativos de diálogo e trocas culturais, relatos e depoimentos dos viajantes (brasileiros e estrangeiros), exposição de fotos, vídeos e imagens das cidades visitadas em viagens de alunos e professores das escolas envolvidas.

 

Título: Roda Leitura

Coordenadora: Gláucia da Silva Henge

Resumo da Proposta: Este projeto tem como objeto a criação e a valorização de espaços de leitura entre os membros da comunidade interna e externa ao IFRS ? Campus Canoas. Seu objetivo é promover ações culturais e científicas que contribuam para o desenvolvimento das mais diversas formas de leitura do mundo e valorizem o patrimônio artístico-cultural, utilizando espaços físicos e virtuais responsáveis por ampliar o prazer pela leitura, promover o conhecimento da literatura nacional e permitir novos olhares acerca do legado cultural produzido pela humanidade. Para isso, conta com a formação e utilização de espaços físicos e virtuais de reflexão e experimentação do textual, em sua multiplicidade discursiva e artística. O projeto centra na realização da Roda Leitura a cada dois meses. Trata-se de uma atividade de leitura coletiva realizada nas dependências do campus Canoas e em espaços externos, mediante parceria com escolas públicas. Técnicos administrativos, docentes, alunos e membros da comunidade interna e externa reúnem-se em uma roda para ler seus textos preferidos.

 

PROGRAMA

 

Título: Oficinas Permanentes de Cultura

Coordenador: Gustavo Neuberger

Resumo da Proposta: O Programa Oficinas Permanentes de Cultura, em sua segunda edição, vem suceder o Projeto Oficinas Permanentes de Cultura após cinco edições do mesmo, que se consolidou como um importante vetor para a oferta de atividades que superem os limites do currículo e dialoguem com as representações artísticas e culturais da sociedade, possibilitando à comunidade do IFRS ? Campus Canoas a vivência com outros contextos socioculturais, aspecto que contribui muito no desenvolvimento da aprendizagem e na formação profissional. Nesta edição, o Programa englobará os Projetos Oficina de Música, Oficina de Fotografia, Oficina de Dança, Oficina de Desenho e Oficina de Teatro. O Programa também abrirá a possibilidade de que outras Oficinas sugeridas e coordenadas por discentes sejam criadas conforme a demanda. Além de dialogarem com o universo jovem, público prioritário do Programa, todas apresentam a possibilidade de estabelecer diálogo com outras manifestações culturais, com os conhecimentos trabalhados pelos diferentes componentes curriculares e com os assuntos de interesse dos educandos. Visando expandir o público participante, serão oferecidas em algumas Oficinas vagas exclusivas para a comunidade externa. Nesse sentido, também serão realizadas ações visando a realização de mini-oficinas e apresentações culturais nas demais escolas da região, para divulgação do Programa, visando expandir ações já realizadas nesse sentido nos dois anos anteriores, em três escolas da região a cada ano. Também estão previstas parcerias com outros Projetos de Extensão, como o Roda Leitura, que já foi realizada no ano de 2016 em visitas conjuntas às escolas da região.

 

Final do Conteúdo Ir para as informações da Página

Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul - Câmpus Canoas

Rua Dra. Maria Zélia Carneiro de Figueiredo, 870-A | Bairro Igara III | CEP: 92412-240 | Canoas/RS

E-mail: comunicacao@canoas.ifrs.edu.br | Telefone: (51) 3415-8200